sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

mais um suspiro!

confesso, ando preguiçoso, mas saltitando pelos blogs encontrei isto e decidi postar, por o sentir de alguma forma...

obrigado sininho por me dares isto a conhecer

«
Há uma coisa
Entre tantas outras
Que ignoras
Não por desconheceres
Mas por assim quereres
Soa-te mais agradável

E já não me dói
Ver-te passar
E sentir-te esquecer o meu olhar

Porque aprendi
Contigo
A pintar de dourado cada passo que tu dás

E aquela montanha que vês
Fui eu que ta desenhei
E se procurares, encontrarás
Com carinho
Um V a passear pelo rio
Enquanto atrás dele correm cinco cordelinhos pequeninos
Adivinha-lhes as letras
Como peixinhos à luta por uma migalha
Uma migalha

Uma migalha
E não imaginas o significado que deste a esta palavra
Uma minuciosidade
Insignificante e desmanzelada

Mas se eu te contasse
As vezes que andei sozinha
Por aí
E pensei em ti
E só em ti
E talvez sentisse que ainda pensas em mim
Nem que seja para me sentir mais feliz,
Não irias acreditar
A maneira como eu sei
Que tu és único para mim

E se eu te segredasse
De uma forma que só tu sentisses
Que posso
Se o quiseres
Apagar a miragem que só eu criei
E colori-la de limão
Numa espécie de sabor a camaleão,
Não irias ficar sem palavras
Até porque tu sabes
Uma coisa que eu não sei
E que complementa a que tu ignoras
Numa dupla que se diria perfeita de união
Não fosses tu
Numa promessa que talvez o tempo decida quebrar
Esquecer o meu olhar»

(A ValterF,
avant, maintenant et toujours)
Enviar um comentário
Related Posts with Thumbnails