quinta-feira, 23 de abril de 2009

"Sinto muito" - Cont.

Li mais umas páginas, e inevitavelmente vêm à memória casos que conheço.

Mais umas páginas e os olhos húmidos de novo...

Elle, um bocadinho para ti, talvez o que mais me marcou até agora.

«
(...) Estavas dentro de uma caixa azul. Mais pequena do que o costume. Azul, presumo, porque era a cor dos teus olhos e a cor do mar. O teu pai - imagina- durante a noite pintara no caixão os golfinhos de que tanto gostavas. Saltavam felizes os bichos. A teu lado rompiam ondas, e sorriam, só para ti, aquele sorriso enigmático de Gioconda. (...)
»


Enviar um comentário
Related Posts with Thumbnails